O escritor britânico Tom Taylor, que assina os roteiros de Superman: Son of Kal-El, falou a fundo sobre o jovem herói Jonathan Kent em um painel virtual da DC Comics. Entre os destaques, ele abordou as principais diferenças entre o personagem e seu pai, o Superman original, comparou a relação entre Jon e Damian Wayne à de Clark Kent e Bruce e explicou a importância de revelar que o filho de Kal-El é bissexual. Assista acima.

“Desde o primeiro quadrinho que eu escrevi, falei que todos merecem heróis e todos merecem se enxergar em seu herói. E o Superman não é diferente. Quando chegou a hora e a DC me pediu, eles perguntaram se eu estaria interessadem escrever Jon Kent como Superman. Eles sabiam que escrever o Superman era meu sonho desde sempre, mas se eu faria isso, eu precisava descobrir por quê”, explicou Taylor. “E o que eu entendi é que não havia sentido em outro salvador branco e hétero chegar e ser o Superman. Tinha de ser algo para mais pessoas que ele representava. Então, acho que o Jon se encontrando dessa maneira, como ele faz nas vindouras edições, e as conversas que teremos lá, são muito importantes para muitas pessoas”.

Segundo o escritor, a principal diferença entre o Superman de Clark Kent e o de seu filho é a idade, o que informa como ele enxerga o mundo e os problemas que quer resolver.

“Eu tenho um filho de 15 anos e eu vejo as coisas que ele ama, e o quanto ele as ama, e eu acho que Jon é assim. Ele vê os problemas do mundo, assim como Clark vê, mas ele os vê em outro nível. Ele vê coisas como as mudanças climáticas, ele vê desigualdade, iniquidade, e quer fazer algo sobre isso”, explicou.

Sobre a relação entre os herdeiros do Superman e Batman clássicos, Jon e Damian Wayne, Taylor traçou um comparativo interessante:

“Eu acho que, mais que tudo, há um respeito saudável entre Bruce e Clark, no qual eles estão sempre preocupados em não incomodar um ao outro. Damian e Jon vão se antagonizar constantemente. Eles sempre vão dizer um ao outro o quanto eles podem ser melhores ou o que estão fazendo de errado. Eu também acho que, ambos crescendo juntos, eles têm uma relação que é bastante fraternal. Eles podem falar a verdade um para o outro, da mesma forma que eles podem olhar um pelo outro”.

Sinopse: “Jonathan Kent experimentou muito em sua jovem vida. Ele lutou contra o mal com Robin (Damian Wayne), viajou por galáxias com seu avô kryptoniano e viveu no futuro com a Legião dos Super-Heróis, que pretendia treiná-lo para o dia em que seu pai não pudesse mais ser o Superman“.

O arco da DC Comics, Superman: Son of Kal-El ainda não chegou ao Brasil.

By Amauri Alves

Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante (...) Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo