Este mês, além do aumento nos preços das HQ’s; a Panini Comics anunciou uma ótima novidade dentre suas publicações.
Trata-se do lançamento do encadernado omnibus da Mulher-Hulk, da incrível fase de John Byrne; na íntegra, com a compilação de todas as edições da revista “Sensational She-Hulk”, de 1989.

A fase de Byrne, é sem sombra de dúvidas a mais importante e a que melhor caracteriza a Mulher-Hulk até os dias atuais.
Anteriormente, quando de sua estreia, a revista da personagem, Savage She-Hulk, no começo dos anos 1980, a heroína vivia histórias genéricas bem típicas dos dramas vividos pelo Hulk. No entanto, na fase de Byrne, (que de certa forma é uma continuação do período em que o roteirista esteve a frente do título do Quarteto Fantástico), a perspectiva acerca da heroína mudou drasticamente; momento em que a personagem assume seu empoderamento,  mostrando-se dona de sí e de suas escolhas, além de se portar extremamente confortável acerca de seus poderes e de sua aparência (da qual raramente se destransforma), hipertofiada e de longos cabelos cacheados, além de uma inteligência, sensualidade e atitudes bem vanguardistas, Jennifer também denota uma postura bastante altiva e irreverente, que contribuiu para a criação de um tom bem mais cômico em suas aventuras.

Além disso, as quebras da quarta parede nas edições da prima do Hulk, eram recorrentes, inclusive nas capas das edições (Era bem comum ver a Mulher-Hulk, dizendo que iria rasgar a coleção X-Men do leitor caso ele não comprasse o seu gibi, por exemplo); e mesmo sabendo que a quebra da quarta parede tenha sido bastante difundida pelo Deadpool, Bem antes dele sequer existir, Jennifer Walters já a quebrava, interagindo diretamente com o leitor; enquanto o mercenário tagarela so fora criado em 1991, vindo apenas a abraçar tal característica, apenas em 1999.

Mulher-Hulk, John Byrne/Marvel Comics – Reprodução

A publicação deste título no Brasil pela Panini tem por objetivo aproveitar o ensejo da futura série da personagem, que debutará no UCM e está prevista pra ser lançada em 2022, estrelada por Tatiana Maslany no papel de Jennifer Walters/Mulher-Hulk, no Disney+.

Recheadas da (indiscutivelmente), melhor fase da personagem, e com lançamento previsto pra 14/jan/2022; o Compilado terá 752 páginas pela bagatela de R$ 294,90.

Edições compilidas: MARVEL GRAPHIC NOVEL (1982) 18; SENSATIONAL SHE-HULK (1989) 1-8, 31-46, 48-50; MARVEL COMICS PRESENTS (1988) 18 III

Segue a sinopse da Editora Panini: “Depois de fazer dela a estrela em sua lendária passagem pelo Quarteto Fantástico, o roteirista e artista John Byrne levou a Mulher-Hulk para uma clássica graphic novel e uma nova série mensal surpreendente! Agora, as aventuras da Hulkinha pelas mãos de Byrne são reunidas em um único e sensacional volume, onde Jennifer Walters detona todas as expectativas e esmaga até a quarta parede! Homem-Aranha, SHIELD, Toupeira, Dr. Bong (!), Papai Noel (!!), Navalha (!!!). ninguém escapa ao toque absurdo da Mulher-Hulk de John Byrne. Um verdadeiro clássico Marvel.