DC Comics: Editora estaria cogitando não mais compartilhar universos em seus quadrinhos

A DC Comics pode mudar a estratégia de seus futuros lançamentos em quadrinhos, deixando para trás uma caracteristica importante de sua marca, o Universo Compartilhado.

Segundo o Bleeding Cool [via CB], a editora americana gostaria em deixar seus escritores e ilustradores ‘livres‘, sem ‘amarras‘, criando e oportunizando novas histórias sobre os personagens que tanto amamos, além de tornar as suas HQ’s em peças facilmente comercializadas.

Embora os fãs mais radicais de quadrinhos tenham se apegado à narrativa contínua de décadas dos Universos compartilhados da Marvel e da DC, a ideia de que você precisa saber o que aconteceu no Superman em 1995 para entender o Batman em 2020 nem sempre cai bem com novos leitores em potencial. Com a participação da DC no mercado direto muito atrás da Marvel, e sua participação no mercado de livrarias crescendo o tempo todo, isso pode parecer uma mudança óbvia para os novos proprietários da AT&T.

A informação é que o próximo evento, intitulado de Future State, que ocorrerá em janeiro e fevereiro de 2021, abrirá um novo status quo para em março daquele ano, tornar mais flexível os quadrinhos, em termos de continuidade única e rastreável entre as HQ’s.

Durante anos, a continuidade da DC foi em grande parte fragmentada, com muitas histórias únicas e frequentemente sendo revisitadas por um multiverso que às vezes tornava tudo tão difícil de lembrar, o que supostamente aconteceu na Terra-1 e quais contos eram “histórias imaginárias“. Mas, caso exista uma oficialização por parte da editora, poderemos está diante de uma grande mudança.

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *