A Caminho da Lua (2020) | Crítica

A nossa condição atual de pandemia mundial serviu para que nós (mesmo que inevitavelmente) repensemos nossa relação com o cinema. Se antes o debate sobre como os streaming era nocivo para as salas de cinema, eram a tendência dos sites cinematográficos, agora percebemos como essa ferramenta é fundamental em momentos como esses e como isso é importante para a democratização da cultura em locais onde o cinema não tem fácil acesso como as metrópoles.

Essa introdução pode soar complexa para um filme infantil, mas A Caminho da Lua é um excelente exemplo, de como a Netflix pode trazer no meio de tantos títulos recentes um bom exemplar de cinema para o público infantil, que não se perde em pensamentos e debates sobre o purismo cinematográfico perdido pela pequena tela da TV. Confira prévia:

A trama de A Caminho da Lua tem uma simplicidade complexa que é interessante de ver. Focada na cultura oriental, mais especificamente numa lenda sobre a lua, acompanhamos o desabrochar de uma garota que não superou a morte da mãe ao mesmo tempo precisa lidar com o novo romance do seu pai e mudança da rotina familiar que isso acarreta.

A complexidade aqui está na forma que o filme lida com o luto e a necessidade de seguir em frente. Por ser uma produção infantil é previsível que a abordagem seja rasa, mas o que encontramos aqui é uma bela forma de expressar a melancolia e até mesmo a depressão que pode aparecer quando não sabemos lidar com nossas emoções e preferimos preencher o vazio dentro de nós com coisas que não vão ter o verdadeiro efeito que esperamos que tenha.

Mas nem tudo são flores e o problema desses tipos de produção são tão notáveis como seus méritos. Os personagens reduzidos a estereótipos e mal aprofundados; o excesso musical em momentos chaves da trama. Tudo isso é salvo com o excesso visual que só acerta em suas cores e formas, servindo de deleite para todos que assistem – sejam crianças e adultos.

A Caminho da Lua/Netflix – Reprodução

Por ser uma cria dos tempos sombrios de pandemia que estamos vivendo, A Caminho da Lua é um ótimo exemplar de filme que pais e filhos possam ver juntos e ambos aproveitarem sem que sejam subestimados como público. Bola dentro, Netflix!

Classificação:

Veja críticas de algumas das produções ligadas a Netflix:

O filme A Caminho da Lua encontra-se no catálogo da Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *