Alien: Pela primeira vez, brasileiros assumem grande franquia de quadrinhos em Hollywood

Uma das maiores editoras norte-americanas de quadrinhos, a Dark Horse Comics, responsável pelas publicações de Star Wars, Stranger Things, Hellboy, Frozen e outras, convidou os brasileiros Cristiano Seixas e Guilherme Balbi para adaptarem o roteiro original de Dan O’Bannon, de 1976, que resultou no filme de ficção científica/horror de Ridley Scott, em 1979, “Alien, o Oitavo Passageiro”, uma das franquias mais lendárias da indústria do cinema. Confira a capa:

Alien – The Original Screenplay/Dark Horse Comics – Reprodução

Sinopse: “‘Alien – The Original Screenplay’ (Alien: O Roteiro Original, em tradução livre) é uma minissérie em quadrinhos dividida em cinco edições com uma roupagem atual do universo Alien, mas baseada nos acontecimentos presentes no original de O’Bannon, que passou por significativas mudanças e foi reescrito antes das filmagens pelos produtores Walter Hill e David Giler, entre elas detalhes como a alteração do nome da nave espacial Snark para Nostromo“.

O primeiro número da publicação será lançado no dia 05 de agosto, na versão digital, pela Amazon. Em seguida, a versão impressa será distribuída nas Comic Shops em toda América do Norte (ainda não há previsão para o lançamento no Brasil).

O diretor de arte e animação, quadrinista e roteirista, Cristiano Seixas, que tem raízes mineiras e paulistas, é o primeiro brasileiro que assume o roteiro de uma adaptação de quadrinhos oficial de Hollywood. Guilherme Balbi, que faz design para a indústria cinematográfica americana, como “Depois da Terra”, com Will Smith, é responsável pela ilustração, ou seja, por toda a parte visual da produção, do design de uniformes, cenários aos personagens, além do Xenomorpho “O Alien” e também toda a narrativa visual. A escolha da Dark Horse pela dupla para o projeto, até então secreto, considerou o talento e a destreza de ambos, com mais de 15 anos de experiência em HQs, bem como o domínio do conhecimento da franquia.

Guilherme Balbi e Cristiano Seixas/Créditos: Igor Clementino – Reprodução

Balbi estava fazendo outro grande trabalho para a Dark Horse Comics quando surgiu o convite. Somos parceiros de longa data, ele começou sua carreira na Casa dos Quadrinhos, escola técnica de artes digitais e quadrinhos que sou co-fundador, e fui seu agente para trabalhos com quadrinhos nos Estados Unidos na época. Era necessário um profissional que soubesse trabalhar com o estilo dele, pois esse entrosamento é fundamental, e fui a primeira pessoa que veio à sua cabeça”, descreve Cristiano Seixas.

Veja também:

Balbi revela que quem acompanhou o projeto como editor foi Randy Stradley, principal nome de quase todos os quadrinhos de Star Wars publicados nos últimos 20 anos, e vários deles serviram de modelo para a franquia. “Já fiz o design de personagens para o quadrinho “Predators: A Predatory Life”, mas esse projeto tem um sabor especial por ser feito em parceria com o Seixas e por ser um clássico do cinema que completou 40 anos”, declara Guilherme Balbi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *