Carmen Sandiego – 1ª Temporada (2019) | Crítica

Primeira coisa: Esqueçam tudo o que conhecem de Carmen Sandiego (1994), inclusive da sua origem como vilã. Com visual repaginado e uma história de origem contada nos primeiros episódios essa animação original Netflix entrega um bom produto para a criançada de hoje em dia com sua dose de conhecimento e aventura de uma heroína muito carismática e talentosa.

  • Netflix lança trailer para lançamento de Carmen Sandiego – Saiba mais

Antes mesmo de seu lançamento a Netflix, através de seus produtores já avisaram que a origem dessa personagem seria diferente e mais condizente com a atualidade, tirando dela o rótulo de ladra de jóias internacional para uma mulher que sim, continua roubando, mas dessa vez para evitar que os verdadeiros vilões se apossem de suas obras de arte.

Seus alívios cômicos, presentes tanto do lado do bem, quanto do lado do mal fazem uma boa participação na trama. Do lado da nossa protagonista temos o time padrão de ajudantes:  um hacker, chamado de player, que é uma grata homenagem aos jogos de seu original. Uma dupla de irmãos, Zack e Ivy, que eram os protagonistas em 1994, caçando a famosa ladra Carmen Sandiego pelo mundo. No lado do mal, vemos que cada “chefe” possui sua particularidade na organização.

Fonte: Reprodução | Netflix

Somos apresentados a duas organizações: V.I.L.E. e A.C.M.E. que juntas formam o ritmo da trama, com a A.C.M.E. tentando provar a existência da V.I.L.E. e a organização vilã descobrindo que não é a única a possuir tecnologia de ponta no mundo. Vale lembrar também de dois personagens que parecem não possuir tanta relevância na trama, mas que são bastante divertidos enquanto juntam o quebra-cabeças para tentar capturar Carmen Sandiego.

Fora a história, a animação predominante em 2D é muito bonita, com cores vivas e ambientes que mostram as particularidades de cada cidade visitada pela protagonista, os personagens também foram muito bem construídos, cativantes e com expressões bem trabalhadas. Aliás o seu estilo lembra bastante animações mais recentes da Netflix, como “Caçador de Trolls“.

Classificação: 

E você? O que achou na nova animação original Netflix? Nos dê sua opinião nos comentários!

 

Curta a nossa página no Facebook!!!

Siga-nos no Instagram e no Twitter !!!

E continue acessando o nosso Site.

One Reply to “Carmen Sandiego – 1ª Temporada (2019) | Crítica”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *