Diante de toda treta, Warner mantém Geoff Johns no cargo

O Executivo da DC, Geoff Johns será mantido em seu cargo [via HH].

Alguns dias atrás, Ray Fisher, que viveu o Cyborg em Liga da Justiça (2017), alegou que a WarnerMedia estaria cogitando demitir o quadrinista e produtor das muitas séries e filmes da empresa, dado ao descaso frente ao assédio sofrido pelo astro no período de filmagens daquele filme, por Joss Wheadon.

Todavia, a empresa nega veemente a informação, afirmando que Johns permanecerá onde está. A atitude da companhia, associada ao desfecho de Fisher na DC Films determinam o que a empresa sobre o assunto.

Geoff Johns ajudou a construir as séries da CW, Sideral, Batwoman, Patrulha do Destino e Titãs. Além de encontra-se envolvido noutros filmes recentes da DC para os cinemas, como Aquaman, Shazam! e Mulher-Maravilha 1984.

Sinopse: “Impulsionado pela restauração de sua fé na humanidade e inspirado pelo ato altruísta do Superman (Henry Cavill), Bruce Wayne (Ben Affleck) convoca sua nova aliada Diana Prince (Gal Gadot) para o combate contra um inimigo ainda maior, recém-despertado. Juntos, Batman e Mulher-Maravilha buscam e recrutam com agilidade um time de meta-humanos, mas mesmo com a formação da liga de heróis sem precedentes, poderá ser tarde demais para salvar o planeta de um catastrófico ataque.”

Veja também:

Com mais de 3h30 min de duração, no formato de minissérie, Liga da Justiça de Zack Snyder tem previsão chegar no início de 2021, através do streaming da WarnerMediaHBO Max.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *