Filmes: Fantasia, Sustos e Aventura – Animações de arrepiar os cabelos | SiriLista

Esta é a nossa 4ª recomendação… Não perca as contas!!!

Já que na lista passada selecionamos alguns filmes de tirar o sono, com temática pesada e cenas perturbadoras. Indicados apenas para adultos, mas adultos de estômago forte, como é o caso do polêmico Holocausto Canibal (1980). Resolvemos então, diversificar esse público, e hoje diminuímos a faixa etária de classificação e aumentando a lotação do sofá.

Escolhemos a dedo para você e para os pequenos, animações que fantasias horripilantes e “fofinhas”. Diversão garantida para toda família, afinal o Halloween também é feitos de doces e travessuras.

Pra você que começou agora a nos acompanhar, segue o link dos primeiros dias:

1ª Dia: Momentos Arrepiar – Saiba Mais.

2ª Dia: “Pequenos Investimento & Grandes Negócios” – Saiba Mais.

3ª Dia: Câmera na mão – Saiba Mais.

  1. A Casa Monstro (2006)
A Casa Monstro – Reprodução

DJ Walters desconfia que haja algo muito estranho com uma casa de sua vizinhança. Para solucionar o mistério, o garoto reúne os amigos para colocar em prática um plano de entrar no local.

Apesar de fofinho, A Casa Monstro é capaz de proporcionar belos sustos ao espectador. Com uma pegada de aventura a animação, o filme nos lembra OsGoonies (1985), talvez não por coincidência, já que a produção executiva é assinada por Steven Spielberg, que nesse caso faz parceria com Robert Zemeckis.

Nova Tecnologia

O filme do estreante em longas metragens Gil Kenan utiliza animação de captura de movimento, usada anteriormente em O Expresso Polar (2004), de Robert Zemeckis.

A Classificação do filme é livre para todos os públicos

 

  1. Viva, A Vida é Uma Festa (2017)
Viva! A Vida é uma Festa

Miguel é um menino de 12 anos que quer muito ser um músico famoso, mas ele precisa lidar com sua família que desaprova seu sonho. Determinado a virar o jogo, ele acaba desencadeando uma série de eventos ligados a um mistério de 100 anos. A aventura, com inspiração no feriado mexicano do Dia dos Mortos, acaba gerando uma extraordinária reunião familiar.

Pela primeira vez a Pixar resolve tratar da temática de uma forma mais frontal, tendo em vista que a morte é um tema, geralmente tratado, e não só nos filmes, de uma forma mais velada com as crianças. Mas nessa animação o assunto vem à tona de uma forma poética, sensível (sem ser apelido), porém franca. E a ainda consegue não perder sua leveza explorando não apenas a morte natural, mas as mortes por acidente, o assassinato e a morte simbólica, ou seja, o esquecimento.

Dia de losMuertos

A Pixar, como é de costume, traz para as telonas mais uma excelente produção, com uma bela música tema e personagens bem construído, mas o destaque, a meu ver, esta na temática escolhida e a forma como foi abordada, compartilhando com o seu público um pouco da rica cultura mexicana.

A Classificação do filme é livre para todos os públicos

 

  1. A Noiva Cadáver (2005)
A Noiva Cadáver – Reprodução

Em um vilarejo europeu do século XIX vive Victor Van Dorst (Johnny Depp), um jovem que está prestes a se casar com Victoria Everglot (Emily Watson). Porém acidentalmente Victor se casa com a Noiva-Cadáver (Helena Bonham Carter), que o leva para conhecer a Terra dos Mortos. Desejando desfazer o ocorrido para poder enfim se casar com Victoria, aos poucos Victor percebe que a Terra dos Mortos é bem mais animada do que o meio vitoriano em que nasceu e cresceu.

Apesar de se tratar de uma animação, Tim Burton não deixa de imprimir sua linguagem peculiar com críticas voltadas para o universo adulto. Neste filme, ele resolve mostrar por meio de um conto sombrio, como alguns relacionamentos são feitos de forma nada natural. Uma sátira bem humorada e até com tom infantil dos relacionamentos amorosos. Dessa forma, Burton demonstra clara intenção de em discutir as relações amorosas além das tradições falidas de algumas famílias. Inclusive o roteiro do filme é baseado em um conto russo do século XIX.

Stop-Motion

O filme é todo realizado com a técnica do stop-motion, técnica esta, considerada por Burton a pura essência do cinema. Trata-se de uma técnica de animação muito usada com recursos de uma máquina fotográfica ou de um computador. Utilizam-se modelos reais em diversos materiais, que são confeccionados normalmente com madeira de árvore que tenha troncos ou a massa de modelar modelos.

A Classificação deste filme também é livre para todos os públicos

 

  1. Coraline e o Mundo Secreto (2009)
Coraline e o Mundo Secreto – Reprodução

Entediada em sua nova casa, Caroline Jones (Dakota Fanning) um dia encontra uma porta secreta. Através dela tem acesso a outra versão de sua própria vida, a qual aparentemente é bem parecida com a que leva. A diferença é que neste outro lado tudo parece ser melhor, inclusive as pessoas com quem convive. Caroline se empolga com a descoberta, mas logo descobre que há algo de errado quando seus pais alternativos tentam aprisioná-la neste novo mundo.

Difícil é identificar os limites entre a realidade e a fantasia, o onírico e o real, dentro do mundo em que vive Coraline. O filme é uma fábula infantil sombria que envolve um universo paralelo, um Gato falante, ratos acrobatas e vizinhos bastante excêntricos. Uma história fantástica com personagens assustadoramente cativantes.

Coraline e Sandman

 O longa é baseado no livro homônimo ilustrado de Neil Gaiman, mesmo autor do cultuado “Sandman”.

Livre para todos os públicos

 

  1. O Estranho Mundo de Jack (1993)
O Estranho Mundo de Jack – Reprodução

Jack Skellington (Chris Sarandon) é um ser fantástico que vive na Cidade do Halloween, um local cercado por criaturas fantásticas. Lá todos passam o ano organizando o Halloween do ano seguinte, mas após mais um Halloween, Jack se mostra cansado de fazer aquilo todos os anos. Assim ele deixa os limites da Cidade do Halloween e vagueia pela floresta chegando a encontrar alguns portais, cada um lhe possibilitando a ir a um tipo festividade.

Também dirigido por Henry Selick (Coraline e o Mundo Secreto), esse filme não poderia deixar de constar na nossa lista. Misturando Halloween com o Natal, o filme é um esplendor em efeitos visuais e apesar do tempo do seu lançamento, envelheceu bem, sendo referência até hoje em stop-motion. Além de um ícone da cultura pop.

Não é de Tim Burton?

Apesar de muitos confundirem, O Estranho Mundo de Jack não é de Tim Burton. Ele apenas teve origem em um poema do diretor, escrito em 1982. Burton também faz parte da equipe de roteiro e produção.

Classificação livre para todos os públicos.

O que você achou dessa especial Sirilista Halloween??? Deixem os seus comentários logo abaixo…

 

Curta a nossa página no Facebook!!!

Siga-nos no Instagram e no Twitter !!!

E continue acessando o nosso Site…

Por Eduardo Bringuel

 

 Fontes:

 

– KEMP, Philip. Tudo sobre cinema. Rio de Janeiro: Editora Sextante, 2011.

 

– ADOROCINEMA. Filmes. Disponível em: <http://www.adorocinema.com/filmes/numero-cinemas/> Acesso em: 17 de outubro de 2018.

 

– DARKSIDE. Cinebook. Disponível em: <https://www.darksidebooks.com.br/category/cinebook/> Acesso em: 17 de outubro de 2018.

 

 

5 Replies to “Filmes: Fantasia, Sustos e Aventura – Animações de arrepiar os cabelos | SiriLista”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *