Fumiya Takahashi e Noa Tsurushima de Zero-One, falam sobre o filme

Em entrevista ao site Crank-In, Noa Tsurushima (nossa amada Izu) e Fumiya Takahashi (nosso querido presidente Aruto Hiden), falam sobre a série (Kamen Rider Zero-One) mas também sobre o filme REALxTIME. Vamos a entrevista?

 

Crank-In: Parabéns pela estreia do filme. O que vocês podem nos dizer sobre a diferença entre o filme e a série de TV?

Tsurushima: A Izu do filme não é o Izu original. Além disso, gostaria que todos vissem como a Izu no filme muda ao longo do filme.

Takahashi: Eu o retratei na série de TV, mas sinto que Aruto cresceu. Quando li o roteiro do filme, pensei: “Aruto vai crescer ainda mais agora”. Eu o retratei com a mentalidade de que ele tinha espaço para crescer.

Crank-In: Um dos destaques do filme é ver Hideaki Ito, que apareceu brevemente no episódio final da série de TV. como era trabalhar com ele?

Takahashi: Vê-lo pessoalmente… sua presença foi incrível. Eu fiz uma cena junto com ele, mas achei que foi intenso durante os ensaios. Ele me disse “não tenha medo no set”, e por causa disso eu pude trabalhar duro.

Tsurushima: Assisti às cenas de longe, mas a intensidade entre Ito e Fumiya foi avassaladora.

Takahashi:  Expressar é difícil, entretanto, a presença em torno de Hideaki e Tokuma Nishioka (retrata Korenosuke Hiden) é tão diferente. Há uma sensação de tensão, mas ao mesmo tempo, eles nos acalmam. Eles podem iluminar a atmosfera apenas por estarem por perto. Aprendi muito com eles, pois fui capaz de trazer uma nova perspectiva para minha atuação.

Crank-In: Depois de aparecer em Kamen Rider Zero-One, sua compreensão de si mesmo se aprofundou?

Takahashi: Não só cresci, mas para mim a minha maior conquista foi ser capaz de desenvolver um vínculo com as minhas co-estrelas.

Tsurushima:  No começo eu fazia tudo de acordo com o roteiro, mas depois aprofundando meu relacionamento com todos, aos poucos fui conseguindo trabalhar nas piadas e outras coisas com todos. Pude experimentar várias coisas no set.

Takahashi:  Você está certa. Ao longo do ano, eu estava tipo “tudo bem, se eu fizer isso, Izu fará isso por mim” ou “Eu quero ver a Izu fazer esse tipo de cara!” e agir com essas coisas em mente. Gostei de conferir essas cenas no monitor. Fiquei feliz quando ela superou em muito a minha imaginação.

Tsurushima:  Essa “harmonização” entre nós dois se deve ao fato de podermos ter o mesmo ritmo ao longo de um ano. Para mim, este é o meu primeiro papel de ator, e eu sinto que vou me sentir enriquecido no meu próximo trabalho, porque fui capaz de formar um vínculo profundo com o desejo de meus co-estrelas

Crank-In: Se vocês dois se tornassem Humagear

Takahashi: Eu gostaria de ser Horobi ou Jin. Eu me pergunto como seria ver as coisas de sua perspectiva.

Tsurushima:  Talvez Jin para mim. Gosto de como ele é um psicopata aparentemente inocente. Como Fumiya, eu me pergunto como seria ver o time de Hiden do lado deles.

 

Crank-In: A série tokusatsu é conhecida por ser uma série demorada (com vários capítulos). Como vocês construíram a motivação para isso?

Tsurushima:  Para mim, é ver a reação do público. Antes da estreia do programa, eu estava cheio de dúvidas como “vai ficar tudo bem?” Mas depois disso, eu vi que éramos tendências todas as semanas e a voz de todos me encorajou.

Takahashi:  O que achei importante foi que queria viver de todo o coração como Aruto. Houve muitas dificuldades durante as filmagens, mas eu queria viver fiel ao meu papel e isso me ajudou a superar tudo.

 

Crank-In: Quando vocês dizem “houve muitas dificuldades”, há alguma cena em que vocês nunca mais gostariam de filmar?

Tsurushima:  Achei que eram todos divertidos porque valeu a pena fazer cada cena. Mas nenhum vento conseguiu atravessar o tecido no material de Izu e de fato, reteve o calor. Tive dificuldade em filmar no verão (risos).

Takahashi: Tive dificuldade em filmar a cena final da batalha. Dividimos as filmagens em dois dias e geralmente usamos proteção durante as cenas de ação. No entanto, eles queriam mais para filmar uma cena mais “real” e não podíamos usá-los. E como esperado, fiquei cheio de hematomas no primeiro dia. Foi uma cena violenta, então no dia seguinte, nossos corpos foram levados ao limite. Estávamos tão concentrados que estávamos na zona. Mesmo que tente me lembrar do que aconteceu naquele dia, não consigo me lembrar. Mas quando vi a filmagem, pensei “Aruto Hiden está realmente aqui!”. Para ser honesto, não importa o quanto eu tente, nunca conseguirei superar meu desempenho naquele dia. Portanto, não é como se fosse uma cena que eu nunca mais quisesse filmar, mas sim, algo que nunca poderei fazer novamente.

 

Crank-In: Vocês podem dizer que o filme é o ápice do trabalho árduo. O tema da série é “sonho”, vocês podem nos contar sobre os destaques?

Tsurushima:  Para Izu, seu sonho era entender o coração do presidente Hiden. Eu acho que muitos fãs torceram para Aruto e Izu se unirem e fazerem a pose Aruto Jyanai To!.

Takahashi:  Acho que um dos destaques da série é ver vários personagens perseguindo seus sonhos. Kamen Rider Eden no filme também tem seu próprio sonho. Quando seu sonho e o sonho de Aruto se chocam, de quem é o justo? Ficarei muito feliz se der esperança aos grandes amigos e aos nossos amiguinhos pelos seus sonhos, mesmo que seja só um pouco.

Para aumentar o hyper, vejam o trailer do filme de Kamen Rider Saber e é claro, de Kamen Rider Zero-One: REALxTIME:

Vejam Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *