Game of Thrones – Episódio Final | Review

Chegamos ao final da série…

 

 

Alguns SPOILERS podem ser dados aqui, portanto se ainda não assistiu ao episódio, recomendo que só leia depois de vê-lo!

 

Última chance… Não digam que não avisei que pode ter spoilers aqui…..

 

Logo no início do episódio Tyrion, Jon e Davos caminham, em meio ao fogo, cinzas e cadáveres, em direção à Fortaleza Vermelha. Observando, atônitos, toda a destruição causada pela Mãe dos Dragões. Mostrando que nenhum deles concordou com o massacre. Massacre esse que continua durante essa caminhada, quando passam por Verme Cinzento que está executando soldados Lannister já rendidos.

Temos então a cena de Tyrion encontrando os corpos de seus irmãos soterrados pelos escombros (que parecem ter caído só sobre eles mesmo, pois eu achei que tinha desmoronado era tudo). E mais uma vez Peter Dinklage nos presenteia com uma excelente atuação.

Daenerys pousa com Drogon na Fortaleza Vermelha e uma cena muito bonita, mas bem Fan Service nos é apresentada, as asas de Drogon se abrindo atrás dela fazendo parecer que ela estava com as asas do dragão (É a imagem dessa matéria). Aí vem apelação, pois quanto mais Dothrakis e Imaculados morrem, mais aparecem, o fiel exército da Rainha está ali postado e parece ser ainda maior do que quando ela chegou a Westeros.

Tyrion é aprisionado, por ter libertado Jaime, que ao meu ver nem deveria ter sido preso, pois lutou ao lado dos vivos em Winterfell, logo estariam no mesmo “time”. Jon Snow vai visitar o anão, em sua cela, e os dois iniciam um diálogo carregado de “explicações” sobre o temperamento de Dany, mas Jon só fica propenso a aceitar o pedido de Tyrion quando percebe que suas irmãs podem ser vítimas da loucura de sua rainha.

Contrariando sua honra, principalmente por temer pela segurança de suas irmãs, Jon mata Daenerys e, após escapar da fúria de Drogon, é preso pelos imaculados. E nessa parte temos mais coisas sem sentido: Como souberam que Daenerys havia morrido e ainda mais que Jon a teria matado se Drogon foi embora com o corpo sem que ninguém (fora o próprio Jon) visse?!?

Percebemos uma passagem de tempo e mais absurdos surgem… aparentemente (pois a série não nos mostra muita coisa) Verme Cinzento convoca uma reunião com os lordes de Westeros para decidirem o destino dos prisioneiros (que por incrível que pareça ainda estavam vivos). Lordes e laides das casas Tarly, Tully, Stark, Arryn, Baratheon, Seaworth… todos ali reunidos e o prisioneiro Tyrion é quem discursa e dá a sugestão de um novo sistema de governo dos sete reinos, onde os lordes decidirão quem será o Rei dos Seis Reinos, pois o Norte que obtém independência, com Sansa como Rainha.

Bran, o Corvo de Três Olhos, é eleito Rei e, para surpresa de muitos, aceita (orgulho da sirizada que votou nele na nossa enquete – Veja aqui) e Jon é novamente enviado à Patrulha da Noite, encerrando o pior arco que uma personagem de Game of Thrones poderia ter. Independente de ser Targaryen, Stark ou Snow ele terminou, praticamente, onde começou.

E Arya, que teve como última participação o assassinato do Rei da Noite mesmo, pois depois de disso não fez a menor diferença na trama, terminou virando uma desbravadora e há quem diga que foi ela quem descobriu o Brasil com o rosto de Pedro Álvares Cabral.

Sinceramente?! Talvez fosse melhor que a série esperasse os livros serem escritos, para só depois ser finalizada… ou que ficasse sem fim mesmo, como Caverna do Dragão.

Vejam também os reviews que fizemos dos demais episódios desta 8ª e última temporada:

O que você achou desse Review??? Coloquem aí nos comentários o que eu esqueci de comentar!

 

Curta a nossa página no Facebook!!!

Siga-nos no Instagram e no Twitter !!!

E continue acessando o nosso Site.

3 Replies to “Game of Thrones – Episódio Final | Review”

  1. Pingback: URL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *