Megarromântico (2019) | Crítica

Uma mulher que não acredita muito no romance das comédias românticas sofre um acidente e acaba ficando presa em mundo de “comédia romântica”. O típico, ela tem que descobrir como sair dessa…

Megarromântico/Netflix – Reprodução

Megarrômantico ou Isn’t It Romantic é um filme estado-unidense feito por Todd Strauss-Schulson e escrito por Erin Cardillo, Dana Fox e Katie Silberman. Estreou nos Estados Unidos em 13 de fevereiro de 2019 pela Warner Bros, e no Brasil, através do serviço de streaming, Netflix. Fazendo parte do elenco Rebel Wilson, Liam Hemsworth, Adam DeVine, e Priyanka Chopra.

Natalie (Rebel Wilson) é uma mulher que foi desacreditada ainda quando criança no amor platônico, típico de filmes de comédias românticas. O que passou a refletir em sua vida pessoal, passando a odiar esses longas e a, naturalmente, não acreditar no amor.

Megarromântico/Netflix – Reprodução

Natalie sempre faz tudo para as pessoas e nunca é valorizada pela sua real função e não consegue fazer nada para mudar isso. Em sua vida nem tudo é ruim, mas ela está tão preocupada com esse lado que esquece de valorizar as coisas boas. Ela tem seu melhor amigo Josh (Adam DeVine) sua melhor amiga e assistente Whitney (Betty Gilpin) que são pessoas que sempre estão ao seu lado.

O filme contém várias referências de ótimas comédias românticas como: Uma Linda Mulher e lembra um pouco “O Melhor Amigo da Noiva”. Noutros, o longa faz lembrar a personagem Amy Gorda de “A Escolha Perfeita”  também um trabalho de nossa protagonista.

Megarromântico/Netflix – Reprodução

A trama, em sua plenitude, mostra e contém lições importantes para levar para vida com autoconfiança e amor próprio, aprender a valorizar as suas qualidades e capacidades sem precisar de opinião de ninguém. O “padrão de beleza” que as pessoas estão acostumadas a achar bonito foi representado por Priyanka Chopra e Liam Hemsworth, O “homem perfeito” e a “mulher perfeita”.

A personagem principal achava que buscar o amor de homem seria a solução, sendo que o único amor que lhe faltava era próprio. O filme tem uma ótima trilha sonora, um roteiro que irá te surpreender, zombando um pouco das comédias românticas tão clichês – sempre fazendo tudo girar em torno de romance e da desvalorização dos coadjuvantes.

Esse filme que também é uma comédia romântica é diferente de todas as outras, mas claro não deixa de ter seus momentos lindos e românticos.

Classificação:

O que você achou dessa crítica??? Deixem os seus comentários logo abaixo…

 

Curta a nossa página no Facebook!!!

Siga-nos no Instagram e no Twitter !!!

E continue acessando o nosso Site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *