Mistérios Sem Solução – 1º Temporada (2020) | Crítica

A Netflix resolveu ressuscitar a série documental americana, Mistérios Sem Solução. O programa que foi um ‘febre’ de audiência na década de 90 nos EUA, ganhou nesta reinicialização contornos ainda maiores, com histórias espalhadas pelo globo, que envolvem assassinatos sem suspeitos, contatos de quarto grau com alienígenas, sequestros sem rastros, e por que não, assombrações. Confira prévia da segunda parte:

Como de costume, a Netflix não liberou a primeira temporada de uma só vez, dividiu em duas levas de 6 programas cada, num espaço temporal de quase 3 meses.

Com um tom sombrio na medida certa, entre efeitos sonoros e visuais interessantes, Mistérios Sem Solução acertou na maioria dos casos apresentados, mas vacilando quando enveredava para o sobrenatural – por sorte, a temporada contou apenas com dois capítulos, um em cada parte sobre o assunto. Mas por que afirmar que os casos reais eram mais precisos, mais relevantes? Convicção dos entrevistados.

Outro ponto negativo, é a falta de equilíbrio textual e produtivo entre os capítulos, com alguns relativamente bons, e outros, ‘meia boca‘. Ou seja, ainda há onde melhorar. E pra endossar isso, vamos para a boa conversa sobre os causos.

Podemos afirmar que no todo, a série documental da Netflix explora bem a premissa. A forma de contar os causos encanta e é assertivo. Na realidade, o programa, como um todo, foi bem tratado, bem filmado, os produtores-executivos John Cosgrove e Terry Dunn Meurer (Stranger Things) elevaram a percepção humana, aos vários discursos e estórias apresentadas: impossível não se emocionar.

Obviamente, como série documental, a relevância maior reserva-se aos conceitos técnicos, na objetividade do conto, a subjetividade, mesmo que existente, é deixada de lado, e Mistérios Sem Solução mantem um bom nível entre os múltiplos componentes apresentados.

Didático e intrigante, o programa da Netflix entrega ao espectador o que há no mercado, quando se trata de documentários.

Classificação:

Veja críticas de algumas das produções ligadas a Netflix:

A primeira temporada da série documental, Mistérios Sem Solução encontra-se no catálogo da Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *