Pé Pequeno | Crítica

A Warner Animation Group. supera-se nesta incrível animação…

Se você for assistir essa animação para acompanhar o seu filho num programa de fim de semana, ou com seu irmão mais novo, ou o seu sobrinho pentelho, vai ter uma agradável surpresa, o filme não se restringe apenas ao público de baixa faixa etária, ele é capaz de alcançar os adultos de coração mais frio possível, com perguntas pertinentes ao nosso cotidiano, as quais o longa responde todas: Você seria capaz de viver uma mentira, pensando ser o ideal?

Podemos aceitar o diferente em nossas vidas? Principalmente numa sociedade degastada pelos péssimos exemplos? A Warner Animation Group. Traz um exemplo de filme para todas as gerações – Pé Pequeno.

Imagine viver num mundo onde as informações são estáticas, onde pensar fora da caixa poderia trazer grandes problemas?  Migo é um Yeti doutrinado pela sociedade para cumprir uma determinada função social, contudo, após um erro na perspectiva de fazer o “Sol nascer” ele depara-se com o “mito”, o pé pequeno. O que trouxe inúmeras indagações sobre o modo de vida daquela sociedade autóctone que vive sobre as montanhas do Himalaia. Num clã onde perguntas podem ser extremamente perigosas, Migo fora expulso por tentar trazer a verdade. Na outra mão, temos um repórter que passa por grandes problemas na carreira, o que o faz pensar em defraudar reportagens para voltar ao show business, até conhecer um abominável homem das neves real.

Fazendo uma analogia do filme a vida real, qualquer semelhança pode ser mera especulação? Não, o entrelaçamento entre o mundo fictício e o real faz total sentido. O que torna Pé Pequeno muito bom, e bem escrito e dirigido por Karey Kirkpatrick e Clare Sera. A animação é bem divertida, dividida e distribuída nas 1h37min de filme, além da diversão, podemos compreender que não há nada melhor que a verdade, mesmo que ela seja dura, horrenda, e que esconder segredos não ajuda em nada, apenas nos tornam seres mais confusos e medrosos com o diferente. Mas, apesar de toda essa profundidade a trama é leve, de bom tom e ótimo desenvolvimento de seus personagens o que a torna extremamente deliciosa ao nosso paladar.

Pé pequeno não desaponta, na realidade, é uma grata surpresa. Sabe-se que Warner Animation Group. tem uma preocupação com a sua linha de super-heróis, e por vezes esquecemos que aquela casa já foi a base de grandes outros desenhos importantes, como Pernalonga & Cia. O estúdio mostrou a sua capacidade inventiva noutros temas, desenhos e personagens. Torço realmente que o discurso fique apenas nessa animação, encontrando novas possibilidades, tornando a disputa entre nossas escolhas mais difíceis, afinal, quem ganha é o público.

Classificação:  

Pé Pequeno encontra-se em Cartaz nas telonas!!!

O que vocês acharam da nossa crítica??? Deixem os seus comentários logo abaixo…

 

Curta a nossa página no Facebook!!!

Siga-nos no Instagram e no Twitter !!!

E continue acessando o nosso Site.

One Reply to “Pé Pequeno | Crítica”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *