Pieces of a Woman (2021) | Crítica

A tela sempre foi e talvez sempre será um bom local para se lidar com traumas. Estamos sempre presos no pensamento que o tempo resolve tudo que existe, mas, por mais que ele tenha seus encantos, o passar do tempo é na mesma proporção o melhor remédio como também o pior dos intensificadores. Pieces of a Woman é uma crônica do tempo e de como as vezes a espera por dias melhores signifique que eles podem nunca chegar.

Acompanhar o luto do casal que perdeu sua filha recém nascida minutos depois do parto em casa se torna algo a flor da pele para quem assiste pois somos apresentados àquela situação com um plano sequência que vai do nascimento até a morte da criança.

A morte aqui é simbolizada com o corte brusco e depois dele deixamos de ser cúmplices da realidade para nos tornarmos viajantes do tempo pulando de mês em mês para ver o depois de tudo aquilo.

A mãe interpreta por Vanessa Kirby parece a todo momento está ciente que tem uma câmera lhe captando e pessoas a assistir. É na sua postura diante e tentando fugir do quadro que podemos entender sua dor e como ela parece entender e respeitar as fases do luto.

Pieces of a Woman – Netflix – Reprodução

O contraponto dela nesse quesito é o pai interpretado por Shia LaBeouf que além de não entender que o luto precisa ser vivido, fica pulando da negação para a depressão e vive constantemente na ira.

Quando todas as fases do luto da mãe que perdeu sua filha é vivida encontramos juntos com ela o prêmio final que é a aceitação. A câmera – que se aproximava em close-ups claustrofóbicos dos personagens para mostrar a pele e a postura se transmutando diante do conflito – agora parece deixar os corpos respirarem e se locomoverem dentro do cenário de forma independente. E aqueles que não respeitam o luto (seja pessoal ou alheio) são subtraídos por representarem para a narrativa regressão ou simplesmente por não evoluírem a trama.

Pieces of a Woman – Netflix – Reprodução

Pieces of a Woman é realmente o que o título diz, mas, diferente do que estamos acostumados a consumir nesse tipo de filme, os pedaços não são expostos apenas para que vejamos onde eles estão, e sim para que possamos ver eles serem juntados.

Classificação: 

Veja críticas de algumas das produções ligadas à Netflix:

Pieces of a Woman encontra-se na Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *