Resident Evil: Série da Netflix tem primeiros detalhes revelados

Até bem pouco tempo atrás não tínhamos muitas informações da série Resident Evil, baseada no clássico game homônimo (que, inclusive, já tem uma série de filmes que também se baseiam nele), e que nos será entregue pela Netflix. Mas, segundo informações do site espanhol, Vandal, o site Splash Report nos trouxe algumas novas informações sobre as histórias da série, que serão originais, mas relacionadas a jogos e, aparentemente, com um orçamento alto:

Se você está procurando uma adaptação direta dos jogos para a televisão, não é isso. Mas se você procura um argumento original que contenha elementos dos jogos e faça algo semelhante com muitas promessas, pode valer a pena você assistir quando chegar ao gigante mundo do streaming.

O texto descreve o episódio piloto intitulado One, que seria escrito por Andrew Dabb e dirigido por Euros Lyn. A série segue os passos de duas irmãs, Jade e Billie Wesker, filhas biológicas do conhecido Albert Wesker. Suas personalidades são antagônicas: Jade é uma garota comum que faz amigos facilmente, enquanto Billie é anti-social e tem um problema de controle da raiva. Essa dinâmica será fundamental na série, uma típica rivalidade de amor e ódio entre os membros da família.

O artigo menciona que neste piloto existem duas linhas do tempo: uso de flashbacks para contextualizar eventos futuros. Em 2036, “14 anos após o fim do mundo”, vemos uma Jade adulta que coleta informações de zumbis, chamados Zeroes, em uma Londres dizimada pelo surto de zumbis, para seu trabalho na Universidade de Madri. É uma visão pós-apocalíptica, com 3 milhões de seres humanos vivos e 6.000 milhões de zumbis; Restam apenas alguns núcleos de civilização, entre os quais se destaca o Território da Umbrella, um suposto paraíso alheio ao caos, enquanto a maioria dos Estados Unidos é um país chamado Umbrella e a América Central, a Amazônia. “A Fortaleza Escandinava é a última nação formada pela Escandinávia. A Índia agora é “A Fé”, a China e a Sibéria agora são Sihai.” Outras cidades como Paris, Boston, Cidade do Cabo ou Bombaim resistem, mas o resto do planeta é território dos zeroes.

Jade estuda esse grupo de zumbis para ver se tais criaturas evoluem. Parece que esta versão dos zumbis não tem visão ou audição, mas seu nariz é aprimorado. No verão, eles estão mais interessados ​​nos seres humanos, graças ao cheiro de suor. “Como você pode imaginar, isso dá errado no dia em que Jade acidentalmente alerta a horda e precisa usar suas medidas de segurança no esconderijo. Infelizmente, isso chama a atenção de uma lagarta zumbi gigante que fica no subsolo e causa mais problemas para Jade, ferindo-a gravemente. No último minuto, ela é salva por um grupo de catadores” que ataca a criatura graças a suas armas.

A outra linha do tempo decorre em 2022, o ano do surto de zumbis, e segue os passos da família Wesker em sua chegada à cidade de Raccoon 2, uma pequena comunidade controlada pela Umbrella – Albert viaja para o seu trabalho – é diferente do que é visto nos jogos – cerca de 60 anos – e combina sua personalidade como um homem de negócios cruel e o de “pai tentando dar o melhor de si, mas falhando”. Ele tem um passado sombrio com a Umbrella, que será revelado em episódios recentes e extrai sangue de suas filhas a cada duas semanas para “testes”.

A descrição das cenas no passado concentra-se em Jade e Billie na vida escolar e na cidade. Parece ser uma parte mais típica, mas sempre há a conexão com a Umbrella e Albert Wesker. Por exemplo, o piloto acaba descobrindo uma conspiração na Umbrella com coelhos e cães, preparando assim as bases para o incidente que destruirá a maior parte da civilização.

“Em 2022, a Umbrella está testando um antidepressivo lucrativo chamado Joy, que os tornará ainda mais ricos. Eles testaram o produto em animais, apesar de convencer o mundo de que não o testam. Trabalham nessa droga há mais de duas décadas; a primeira o teste deu errado – o surto de zumbis dos jogos que terminaram com Raccoon – no entanto, eles estão trabalhando para lançá-lo o mais rápido possível. Albert, ao contrário dos jogos, luta contra seus chefes para ter mais tempo e aperfeiçoar a droga. O pouco que vemos da Umbrella em 2036 é aterrorizante e agressivo, não vou dizer mais”.

Também haveria um personagem dos jogos com um pequeno papel, mas isso teria mudado muito e mal lembra o material original. “Algumas cenas são fiéis às que vimos nos jogos – a presença de cães zumbis é sugerida e o novo material extra é bem-vindo a uma saga que tem sido ridiculamente complexa”. Segundo o site, a intenção é lançar a série este ano.

O quanto disso é verdade ou não, ainda não sabemos dizer, pois ainda não foi oficializado, mas ficou legal, né?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *