Sessão Nostalgia: SilverHawks – Os Falcões de Prata | Artigo

SilverHawks (ou Falcões de Prata) é uma série televisiva de animação da Rankin/Bass, distribuída pela Lorimar-Telepictures em 1986. A série foi produzida pela Pacific Animation Corporation. No total, foram ao ar 65 episódios em uma temporada única durante todo o ano de 1986.

O universo fictício de SilverHawks foi desenvolvido em consonância com o universo da série anterior, ThunderCats e assim como ThunderCats, SilverHawks também foi lançado em história em quadrinhos pelo selo Star Comics da Marvel Comics. Atualmente, a Warner Bros. (que comprou a Lorimar em 1989) detém os direitos da série.

 

Historia

Com o sucesso dos Thundercats a Rankin/Bass resolveu investir nas séries de super-heróis, então criou uma espécie de “ThunderCats do futuro” ao invés de felinos guerreiros, surgiram heróis biônicos e com asas de metal, os SilverHawks.

Os SilverHawks tinham inúmeros poderes como voar em asas de prata ou lutar com nervos de aço. Parte metal, parte de carne e osso, esses guerreiros sacrificavam seus corpos humanos, modificando-os para suportar as longas jornadas até a Galaxia de Limbo, para onde foram enviados para defender o Universo do Monstro Estelar e seu bando intergalático: Lagartão, Serrivel, Minotauro, Terremoto, Molecular, Trapaceiro, Da Pesada e a “Loucura Musical da Melodia”.

SilverHawks/Rankin/Bass/Lorimar-Telepictures/Pacific Animation Corporation – Reprodução

Os Falcões:

SilverHawks originais

Comandante Stargazer: um velho e enrugado policial espacial com capacidades biônicas graças a implantes mecatrônicos instalados em seu corpo. Ele capturou o Monstro Estelar vários anos atrás, mantendo-o preso no Planeta Penal 10. Mais velho que os outros SilverHawks, deseja voltar à Terra para tirar férias ou aposentar-se de forma permanente. Ele serve principalmente como “olhos e ouvidos” para os SilverHawks enquanto os mantém notificados da situação atual. Aparentemente, seu nome é Burt, e possui um pássaro robótico chamado Sly Bird.

Quicksilver: o Tenente Jonathan Quick é o ex-chefe da Força Interplanetária H e atual líder de campo dos SilverHawks. Tem como companheiro um pássaro robô chamado “Falcão Biônico” (“Tally Hawk” no original inglês). Sua armadura, cujas “armas especiais” são dois pequenos canhões laser em seus ombros, tem a tonalidade de prata mais clara do quinteto.

Bluegrass: o Coronel Bluegrass é o principal piloto do grupo e também é um típico vaqueiro. Ele pilota a nave da equipe, Maraj, que possui um sistema de navegação autônoma a quem ele chama afetivamente “Belezinha”. Tem como hobby tocar guitarra, a qual usa também como instrumento de batalha (sob o nome Sideman) em conjunto com seu laço e manobras de montaria. Bluegrass é o único dos SilverHawks que não pode voar (assim como o velho Comandante Stargazer), visto que sua armadura em tom azulado não possui nem a máscara de falcão nem as estruturas em forma de asa que permitem vôo.

Steelheart e Steelwill: os Sargentos Emily e Will Hart são irmãos gêmeos. São os únicos SilverHawks que tiveram seus verdadeiros corações orgânicos substituídos por próteses de aço inoxidável durante a transformação. Têm poderes telepáticos, o que lhes confere um tipo de “elo psíquico” em suas mentes – como, por exemplo, um pressentir riscos e situações vividos pelo outro. Ambos utilizam uma armadura de tonalidade cinza-escuro, e suas armas-pássaro são Stronghold e Rayzor respectivamente. A máscara de Steelwill, diferentemente das máscaras usadas pelos outros SilverHawks, assemelha-se a um capacete de futebol americano.

CopperKid: o único não-humano do quinteto, é um gênio matemático do Planeta dos Mímicos. Sua face é pintada sob a aparência de um mímico. Ele não sabe falar, só se comunica em tons e assobios matematicamente calculados. CopperKid é uma acrobata natural e sua armadura de cobre tem como “armas especiais” dois discos instalados nas coxas, os quais ele lança como frisbee. Sua arma-pássaro chama-se Mayday. Ao final de cada episódio, ele responde perguntas em testes de astronomia elaborados por Bluegrass, que é seu melhor amigo, como forma de aprendizado para tornar-se um futuro piloto da nave Maraj (vários episódios mostram-no seguindo perfeitamente os passos de Bluegrass, embora infreqüentemente).

SilverHawks novatos

Hotwing: um SilverHawk de pele negra e armadura dourada que foi adicionado no meio do desenho. Mágico e ilusionista qualificado, ele recebeu seus poderes de uma força de energia mística que o “escolheu” para portar seus poderes para lutar contra a injustiça. Ele tem que recarregar estes poderes um pouco todos os anos, caso contrário, morrerá. Um momento notável foi quando Zico, o Bico, enganou a força mística para que esta lhe concedesse tais poderes que resultariam na morte de Hotwing. Possui uma arma-pássaro chamada Gyro.

Moonstryker: um SilverHawk na cor turquesa que pode impulsionar-se através do espaço por um ciclone poderoso gerado de hélices que emergem de sua cintura. Ele é um tanto arrogante e convencido, mas excelente atirador, como demonstrado quando atingiu uma caneta da mão de Stargazer, lançando-a espaço afora, quando eles se conheceram no episódio “Battle Cruiser”. Seu companheiro de luta é o falcão Tailspin.

Flashback: um SilverHawk de armadura verde vindo de um futuro distante. Ao conhecer a versão “muito mais velha” do Comandante Stargazer, que lhe revelou o fatídico dia da morte dos SilverHawks, Flashback voltou no tempo para salvá-los de uma explosão solar. Ele também viajou ao “passado” para impedir que Da Pesada destruísse os SilverHawks (ele sabotou o Maraj durante o “sono” cibernético dos heróis em sua rota para a Terra, fazendo a nave ir de encontro ao Sol). Tem como aliado o falcão Backlash. Diferentemente dos outros SilverHawks, sua máscara não pode ser ajustada para erguer ou descer, sendo fixada na metade superior de seu rosto escondendo seus olhos.

Condor: um antigo aliado do Comandante Stargazer, a quem Condor chama “Olhar” (“Gaze” no idioma original inglês). Veste uma armadura avermelhada. Condor é o típico “lobo solitário” e trabalhou em Bedlama como detetive particular. Em lugar de asas ele tem partes corporais cibernéticas semelhantes às de Stargazer, e também uma espécie de jetpack (mochila a jato) implantada nas costas, onde também se localiza sua máscara. Condor fala com sotaque similar a

SilverHawks/Rankin/Bass/Lorimar-Telepictures/Pacific Animation Corporation – Reprodução

Monstro Estelar e sua gangue

Monstro Estelar (Mon*Star): poderoso e cruel mafioso espacial que escapou de sua cela no Planeta Penal 10, onde fora capturado e selado há muitos anos pelo Comandante Stargazer. Sua aparência básica é de um musculoso leão antropomórfico com corpo repleto de cabelos negros, juba e barba vermelhos, além de usar sobre seu olho esquerdo um tapa-olho com o emblema da Estrela Limbo. De forma análoga ao vilão Mumm-Ra – inimigo dos ThunderCats, que recita a frase “Antigos Espíritos do Mal, transformem esta forma decadente em Mumm-Ra, o de Vida Eterna!” -, Monstro Estelar toma para si o poder da Galáxia Limbo ao recitar a frase “Raio estelar do Limbo…Me dê o poder! O músculo! A ameaça do Monstro Estelar!” enquanto banha-se na aura energética maligna emanada pela Estrela Limbo, transformando-se numa criatura de aparência imponente revestida em uma armadura avermelhada repleta de espinhos, além de propulsores a jato em seus cotovelos – nesta armadura ele recupera seu olho esquerdo, que ganha a habilidade de disparar um poderoso raio laser chamado Estrela de Luz (Light Star no original inglês). Ele pilota a nave Sky-Runner, que tem a aparência de uma lula espacial gigante, e tem como mascote o gárgula negro Sky Shadow, que pode assumir a forma de uma espada negra nas mãos de seu dono. Sua principal meta é destruir o Comandante Stargazer e os SilverHawks e tornar-se o supremo soberano do universo.

Lagartão (Yes-Man): uma espécie de homem-cobra, é o principal ajudante do Monstro Estelar e um estereotípico “puxa-saco de chefe”. Conhecido por constantemente dizer de maneira sibilada “Oh ssim, Chefe… ssim”. Em um episódio, Lagartão absorve, juntamente com Monstro Estelar, uma parte do poder maligno emitido pela Estrela Limbo, ganhando incríveis capacidades telepáticas e as ambições cruéis de seu chefe – o que gerou uma grande inimizade entre os dois vilões até Lagartão perder seus poderes.

Da Pesada (Hardware): o cérebro intelectual e armamentista da quadrilha de Monstro Estelar, é um ser que parece um cruzamento de duende, sapo e chimpanzé, de baixa estatura física nas cores roxa e branca com “cabelos” avermelhados. Um inventor inteligente e talentoso, carrega uma mochila cheia de armas e equipamentos criados por ele mesmo para usar contra os SilverHawks. Por sua genialidade nata e perícia no manuseio de armas, Da Pesada é considerado o mais perigoso e articulado servo de Monstro Estelar – possivelmente, antagonizando à inteligência e esperteza de CopperKid. Pilota a nave-pássaro Prowler.

Madame Melodia: uma nefasta “dama da música” que serve como antagonista a Bluegrass, visto que ambos possuem habilidades musicais de batalha. Ela costuma provocar caos e destruição por onde passa. Sua arma primária é o sintetizador musical chamado Sound Smasher. Sua aparência e vestimenta são uma versão extravagante de uma típica roupagem de cantor de rock: Melodia possui cabelos tingidos em dois tons de verde, um curto vestido preto com um cinto vermelho para conectar-se a seu sintetizador, longas luvas vermelhas, cinta-liga metade roxo escuro e metade cor-de-rosa claro e óculos com armação vermelha em forma de nota musical e grossas lentes na cor azul-escuro que ela nunca retira. Curiosidade: no episódio intitulado “A Corrida Interestelar”, Melodia rouba a nave de CopperKid. Acreditando que Melodia falhou em detê-lo, Monstro Estelar dispara um raio vaporizador em sua direção. Mesmo a nave sendo atingida, não se sabe como Melodia continuou aparecendo no desenho – possivelmente numa sequência talvez editada na produção do episódio, a vilã percebeu a aproximação do raio vaporizador e pulou da nave.

Serrível (Buzz-Saw): um monstruoso robô na cor dourada cujas principais armas são as cinco serras circulares que adornam seus braços, ombros e cabeça – com destaque para as serras adaptadas em ambos os braços, as quais também podem ser disparadas como projéteis de longo alcance. Ele fala com um tom de voz metálico extremamente agudo e pilota a nave-pássaro Shredator.

Tornado (Windhammer): um terrorista ambiental com um diapasão enorme que permite-lhe gerar e manipular ataques baseados em elementos naturais. Tem aparência humanóide com roupagem marrom, pele azulada, cabelos loiros e orelhas pontudas como de um elfo. Pilota a nave-pássaro Aero-Crusher.

Molecular (Mo-Lec-U-Lar): ele pode mudar sua aparência e tornar-se invisível através da manipulação de sua própria estrutura molecular. Sua aparência padrão é a de um corpo humanóide composto de várias esferas arranjadas no estilo de uma estrutura bioquímica de coloração cobre. Isso faz dele o principal atacante e mestre em disfarces a serviço de Monstro Estelar. Também é capaz de expelir uma substância grudenta para prender e incapacitar suas vítimas. Sua nave-pássaro de combate é a Volt-ure.

Minotauro (Mumbo Jumbo): um minotauro robô cor-de-bronze que fala pouco (embora ele saiba pronunciar corretamente o nome do Monstro Estelar), preferindo emitir em maioria grunhidos metálicos (que parecem ser claramente entendidos por seus comparsas), e aparenta não ser muito esperto – caindo no conhecido estereótipo de “grande e musculoso, mas pouco inteligente”. Ele tem a capacidade de aumentar sua proporção física e, conseqüentemente, sua força de combate. Seu ataque primário (geralmente usado após aumentar seu tamanho) consiste em suster-se sobre suas quatro patas e realizar a clássica “investida de touro” com os chifres eretos em direção ao alvo. Minotauro pilota a nave-pássaro Airshock e rivaliza com a força e tenacidade de Steelheart.

Trapaceiro (Poker-Face): trabalha para Monstro Estelar mas nem por isso deixa de exigir de seu chefe verdadeiras fortunas para financiar suas invenções e ferramentas contra os SilverHawks. Possui slots de máquinas caça-níqueis em lugar de seus olhos (escondidos atrás de seus enormes óculos escuros), veste um elegante fraque preto e carrega um cajado negro decorado com naipes de baralho. Ele é o ganancioso proprietário do Cassino Nave Estelar (“Starship Cassino” no original inglês), situado no chamado “Limite do Ano-Luz” (“Lightspeed Limit”), fora da jurisdição legal dos SilverHawks.

Risonho (Smiley): uma obesa múmia-robô pugilista que, há 150 anos, fora derrotado pelo Comandante Stargazer e preso no Planeta Penal 10 por agressão, assalto e incêndio, mas trazido de volta à vida por Trapaceiro para servir como instrumento de batalha a serviço de Monstro Estelar. Ele é o campeão peso-pesado invicto da Galáxia do Limbo, podendo agir e pensar por si mesmo ou controlado à distância por um controle remoto. Foi inicialmente usado por Trapaceiro como atração no Cassino Nave Estelar, derrotando sozinho Minotauro e Serrível, mas posteriormente foi usado por Monstro Estelar contra os SilverHawks, pelos quais acabou vencido.

SilverHawks/Rankin/Bass/Lorimar-Telepictures/Pacific Animation Corporation – Reprodução

O que você achou desse Artigo ??? Deixem os seus comentários logo abaixo…

 

Curta a nossa página no Facebook!!!

Siga-nos no Instagram e no Twitter !!!

E continue acessando o nosso Site…

Por Walmick Martins

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *