Superman: Homem do Amanhã (2020) | Crítica

Superman: Homem do Amanhã é a mais nova, e primeira animação da DC, logo após o reboot de Liga da Justiça Sombria: Guerra de Apokolips. Confira prévia:

Nesta nova animação, vemos um pouco da juventude do jovem Clark Kent onde tem de conviver secretamente com suas diferenças, além de a cada dia, entender mais de suas habilidades.

E essas mesmas habilidades vêm a prova quando numa coletiva, Lex Luthor é desmascarado por Lois Lane. E além disso, o foguete que ele iria lançar muda de rota e iria cair em Metrópolis, porém, o “Homem Voador” salva o dia mas não completamente.

Lobo – Superman: Homem do Amanhã – DC

Um personagem que até então, não tinha aparecido em nenhuma animação, finalmente deu as caras. Seu nome é Lobo!

Com seu jeito escrachado e mostrando a que veio, Lobo é o responsável pela primeira cena de ação frenética da animação.

Clark Kent – Superman: Homem do Amanhã – DC

Além do Lobo, outros personagens são mostrados ou mencionados, direta ou indiretamente. Vimos também que, para ser “Super”, o Superman recebeu os conselhos valiosos dos seus pais e de Lois Lane.

O traço do desenho é muito diferente do que estávamos acostumados a ver no universo animado anterior, porém, a trilha sonora e as cenas de ação são espetaculares, mostrando que as animações da DC não perderam a qualidade.

Classificação: 

Veja outras críticas nossas relacionadas ao universo de animações da DC.

A mais nova animação da DC foi lançada digitalmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *