The Umbrella Academy: Ator comenta sobre a falta de um nome para Cinco

Quem acompanha a série da Netflix: The Umbrella Academy sabe que os super irmãos que antes, em sua juventude, eram chamados apenas por números, foram ganhando cada vez mais profundidade, e com o passar do tempo passaram a receber, ou criar, seus próprios nomes, mas um deles continuou sem um nome: o Número 5, interpretado pelo ator Aidan Gallagher

Em uma entrevista concedida ao site Collider, Gallagher falou um pouco sobre seu personagem, e sobre a falta de um nome para Cinco. Perguntado se isso o deixava frustrado, ele respondeu:

Na primeira temporada, eles chamam uns aos outros pelo nome, e o 5 estava nela, mas nunca ganhou um. Eu suponho que Grace (“mãe” dos garotos) estava escolhendo nomes para as crianças e pode ter existido um para o 5, mas no meu entendimento, ele o rejeitou. É isso que eu penso em relação ao nome. Um número sempre o substituiu. Era quase uma ação ressentida e rancorosa direcionada aos Hargreeves. Eu não acho que ele se importe com coisas como um número. 5 sempre teve essa mente brilhante, estranha e muito astuta, então um número combinava com ele e ele se acostumou com isso. A versão mais jovem dele é aquela pessoa mais amarga, que não se abre muito e nem é uma pessoa necessariamente carinhosa. Ele é incrivelmente auto-centrado e confiante demais e isso realmente mudou quando ele ficou preso no apocalipse, com as palavras ‘Eu te avisei’ dos Hargreeves o assombrando por 45 anos.

O ator também falou sobre o desenvolvimento de seu personagem durante a segunda temporada:

Aquele foi um grande ponto de mudança para o personagem. Em qualquer cena antes daquilo, ele era um personagem muito amargo e ressentido. Ele provavelmente rejeitou o nome porque pensou que era insignificante ou algo assim. Eu não sei se 5 era uma boa pessoa antes de ficar preso no apocalipse, de uma maneira que realmente o fez se tornar alguém com uma mente mais aberta. Isso o firmou um pouco mais, de uma maneira que nunca aconteceu antes. Acho que ele se sentia especial, crescendo, ou sendo melhor que as pessoas, e aquilo realmente mudou para ele quando os Hargreeves mostraram que ele estava errado. Ele foi derrotado de verdade quando ficou preso naquele apocalipse. Aquilo o mudou para sempre. E sim, seu trauma o quebrou. A princípio, a mudança foi para melhor, mas eventualmente aquilo começou devorar a mente dele.

Vejam também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *