Universo pop: Com problemas de Mercado, Apple tenta adquirir Disney

O COVID-19 é uma verdadeira praga, não apenas afetando a saúde física do homem comum, mas também a economia mundial, alterando parâmetros antes pré-estabelecidos, derrubando bolsas de valores, demissões em massa, ocasionando, portanto, uma crise sem igual se comparada ao século passado.

A Disney era uma dessas empresas sólidas antes da crise global, todavia, os abalos sísmicos relacionados à Pandemia do Coronavírus, jogaram as ações da Casa do Mickey Mouse para uma faixa ‘perigosa’, algo em torno dos US$ 100, o que é grande problema. E a Apple estaria se aproveitando dessa baixa para adquirir boa parte das ações disponíveis no Mercado, como informa o analista financeiro Bernie McTernan, da Rosenblatt Securities [via THR]. Confira:

Acreditamos que companhias de mega capital, com grandes balanços financeiros e cujo capital próprio superou o da Disney nas últimas 3 semanas, como a Apple, podem tirar vantagem da volatilidade“, escreveu o analista. “A vantagem de comprar a Disney é assegurar o conteúdo/estratégia de streaming e potenciais sinergias de levar o ecossistema emergente da Disney para a plataforma iOS”.

Ainda segundo a matéria, o valor de mercado da Disney atualmente é de US$ 165 bilhões, enquanto o da Apple é de US$ 107 bilhões, mas McTernan aponta que nas últimas três semanas, a Casa do Mickey Mouse perdeu US$ 85 bilhões, ou seja, um terço do seu valor de mercado. As ações da Apple na bolsa de valores de Nova York na última sexta-feira (13) estavam em alta, cotadas em US$ 277,97. As da Disney estavam cotadas em US$ 102,52.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *