Universo Pop: Conheça 5 cantoras internacionais que se arriscaram no cinema | Artigo

Após sucesso de bilheteria com o filme “Nasce Uma Estrela”, 53% dos usuários que responderam uma pergunta publicada no Quinto disseram que Lady Gaga é uma boa atriz.

Alguma vez na vida você já pensou em mudar de carreira e se arriscar em outra área? Esta é sempre uma decisão que precisa ser pensada e estudada, porém, acredite: isso não acontece apenas com a gente, “seres normais”.

Elas são talentosas, ricas, famosas e decidiram trocaram temporariamente os shows lotados em estádios ao redor do mundo para decorar falas, ficar horas no set de gravação e entrar no personagem. Que tal maratonar estes filmes que selecionados abaixo? Vamos à lista!

1)  Lady Gaga como Ally, em “Nasce Uma Estrela” (2018)

A química entre Gaga e Bradley Cooper – seu parceiro no filme – recebeu aclamação generalizada da crítica, tornando o casal um dos favoritos para indicações ao Oscar de 2019. Até o dia 28 de outubro, o filme havia arrecadado US$ 148 milhões apenas nos EUA. Uma curiosidade sobre o longa é que todas as canções foram gravadas ao vivo durante as cenas, a pedido de Gaga. Haja fôlego e concentração!

Veja a nossa Crítica desse emocionante filmeSaiba Mais.

Nasce uma Estrela (2018)/Warner Bros. – Reprodução

2)  Beyoncé como Sharon, em Obsessiva (2009)

O filme está longe de ser o maior sucesso das telonas do qual Beyoncé participou, já que “Dreamgirls”, musical de 2006, recebeu oito indicações ao Oscar. Porém, foi neste longa de suspense que a cantora realmente se arriscou. “Obsessiva” – primeira vez em que Beyoncé não aparece cantando – recebeu diversas críticas negativas e não foi indicado a nenhum grande prêmio. Este foi o último filme do qual a cantora participou como atriz. Traumatizou, @Beyonce?

Beyoncé como Sharon, em Obsessiva (2009) – Reprodução

3)  Madonna como Eva Perón, em Evita (1996)

Apesar de não ter sido a estreia da cantora nos cinemas, Evita é um dos papéis mais notáveis de sua carreira como atriz. A escolha de Madonna para interpretar a primeira-dama mais popular da Argentina causou protestos no país e até ameaça de bomba durante o lançamento do filme. Apesar de não ter fracassado nas bilheterias e ter recebido recepção fria da crítica, o longa ganhou dois Oscar e um Globo de Ouro. Durante as gravações, Madonna estava grávida da primeira filha, Lourdes Maria.

Madonna como Eva Perón, em Evita (1996) – Reprodução

4)  Christina Aguilera como Ali, em Burlesque (2010)

Foi a primeira vez que Christina Aguilera protagonizou um longa-metragem e, além disso, a cantora também produziu parte da trilha sonora e participou da escolha de alguns atores. A história da dançarina burlesca rendeu críticas mistas ao enredo, mas o destaque ficou para o encontro da estreante Christina e da veterana Cher, que se lançou nas telonas em 1969 e já até ganhou um Oscar. O filme venceu prêmios como Globo de Ouro e Grammy Awards.

Christina Aguilera em Burlesque (2010) – Reprodução

5)  Rihanna como Nine Ball, em Oito Mulheres e Um Segredo (2018)

Sem lançar nenhum CD desde 2016, Rihanna estava flertando há um bom tempo com o cinema. Após ganhar o prêmio de pior atriz secundária pelo longa “Batalha Naval”, a cantora caribenha estrelou “Oito Mulheres e Um Segredo”, que recebeu crítica moderada sobre o roteiro e arrecadou mais de US$ 280 milhões em todo o mundo. Apesar de o papel não ser destaque, críticos apontaram que Rihanna se saiu bem como a hacker Nine Ball.

Warner/Oito Mulheres e um Segredo – Divulgação

Sagas, vida social e música

O aplicativo de votação e debate Quinto ainda perguntou aos seus usuários sobre mais alguns temas do mundo pop. Vamos ver qual é a opinião da maioria? Segundo 54% dos usuários do Quinto que responderam à pergunta, o consumo de séries e filmes atrapalha a vida social. Você concorda?

Já 93% dos questionados disseram que concordam que livros virem filmes. Tipo a saga Harry Potter, Crepúsculo e Senhor dos Anéis. Porém mesmo com tanta música boa, 27% dos usuários responderam que NÃO ouvem trilhas sonoras de filme!

As perguntas continuam abertas ao debate no app. Todo o conteúdo do Quinto é gerenciado pela jornalista e diretora de conteúdo Bianca Celoto. “O Quinto é uma rede diferente. Todo o conteúdo é criado por jornalistas internos para que a pessoa compreenda o assunto e consiga opinar”, diz. Ao todo, são 11 categorias onde os usuários podem votar.

Ficou curioso para adquirir o aplicativo Quinto? Ele é de fácil acesso e disponível na Play Store, totalmente gratuito, chega lá, e conheça o produto que está revolucionando o mercado através do site deles – Saiba Mais.

O que vocês acharam dessa Artigo??? Deixem os seus comentários logo abaixo…

 

Curta a nossa página no Facebook!!!

Siga-nos no Instagram e no Twitter !!!

E continue acessando o nosso Site…

Por Matheus Fazolin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *